Opportunities Preloader

Please Wait.....

Na Mídia

Terceirização, por Sergio Cunha

Empresários e gestores concordam sobre a importância de contar com uma gestão inteligente para assegurar a competitividade e o crescimento dos negócios. Pequenas, médias e grandes empresas precisam encontrar soluções gerenciais para analisar e direcionar corretamente os recursos disponíveis e, com isso, otimizar e flexibilizar os processos para reduzir custos e implementar medidas que garantam o aumento da produtividade.

Neste sentido, a terceirização de serviços deve ser encarada como uma alternativa interessante, em especial, para empresas cuja estratégia corporativa visa manter o foco em seu core business, concentrando esforços, investimentos e capital humano no planejamento estratégico.

Por meio da terceirização, é possível reestruturar rotinas de trabalho e delegar as atividades complementares a empresas e profissionais devidamente especializados, capazes de garantir mais qualidade, agilidade e eficiência em todas as etapas da operação.

A terceirização de serviços pode trazer resultados bastante positivos, criando novas possibilidades de expansão, atuação em outros mercados e adequação às variações de demanda.

Abaixo os primeiros passos para um bom projeto de terceirização:

ALINHAMENTO E CONTRATO DE TERCERIZAÇÃO
O primeiro passo é detalhar as necessidades da empresa e identificar quais são as atividades a serem terceirizadas, bem como as responsabilidades, prazos, padrões de qualidade e entregas. A partir deste levantamento será possível buscar orçamentos e propostas coerentes.
Para adotar esse modelo de contrato é necessário conhecer os detalhes da legislação que rege a terceirização e, assim, tomar os devidos cuidados para evitar ações trabalhistas futuras.

PESQUISAR O HISTÓRICO E A CAPACIDADE DE ATENDIMENTO

É essencial pesquisar o histórico e a reputação das empresas prestadoras. Neste caso, é importante verificar alguns fatores, como a avaliação de outros clientes, a infraestrutura para atender as necessidades da operação, a qualificação dos profissionais e dos responsáveis técnicos, o tempo de atuação no mercado e as especialidades. Pela nova lei, a empresa contratante deverá acompanhar os pagamentos dos direitos trabalhistas realizados pela contratada, a fim de assumir apenas a responsabilidade solidária. Caso não faça essa auditoria, a contratante é responsável na ocorrência de uma reclamação trabalhista.

A localização também é um fator importante. Por isso, procure verificar onde estão posicionadas as bases operacionais da empresa e a distância da sua organização. Esse aspecto é importante pois irá definir aspectos importantes da prestação de serviço, tais como velocidade de reposição de faltas e frequência / velocidade de atendimento dos supervisores. É fundamental, antes de contratar uma empresa terceirizada, verificar se a mesma está em dia com todas as suas obrigações legais e como andam suas condições financeiras. Para isso, recomendamos que solicite no mínimo os seguintes documentos (sendo que a maioria pode ser consultada diretamente da Internet, dependendo do Estado):

» Cartão de CNPJ da matriz e das filiais;
» Certidão de Regularidade do FGTS vigente (CRF);
» Certidão Conjunta Negativa de Débitos Relativos às Contribuições Previdenciárias e de Terceiros;
» Certidão Negativa de Falência e Concordata expedida pelo distribuidor da sede de pessoa jurídica;
» Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT) emitida pela Justiça do Trabalho, nos termos da lei de número 12.440, de 2012;

ALGUNS PONTOS INTERESSANTE PARA ANALISAR SUA ESTRUTURA INTERNA

CUSTOS: Essa provavelmente é a pior desvantagem de se contar com uma estrutura interna excessiva: o custo de gerenciar determinados serviços pode ser muito maior com uma estrutura interna em comparação com a externa. Por isso, mesmo quando uma empresa resolve apostar na internalização, a terceirização de serviços — como por exemplo os serviços de limpeza, zeladoria, copa, controle de acesso, recepção, telefonista entre outros — pode ser indispensável. Empresas que não terceirizam seus serviços de apoio geralmente contam com uma área de Recursos Humanos bastante inchada, normalmente mais concentrada em questões operacionais com pouco foco no estratégico.
RIGIDEZ E DESVIO DO CORE BUSINESS: Empresas com grandes estruturas internas costumam ter mais dificuldade para se adaptar ao mercado, gerando desvios no negócio principal da empresa. Isso porque, em vez de procurarem a ajuda de prestadores de serviço, precisam, o tempo inteiro, correr atrás de verificar porque o funcionário atrasou, faltou, atestados médicos com vários dias, documentação admissional, exame médico, obrigações para governo e diversas outras atividades. Além disso, desmontar uma estrutura interna sem proposito, digo para direcionar o FOCO para o planejamento estratégico da organização.

ALGUMAS VANTAGENS DA TERCEIRIZAÇÃO

A terceirização pode trazer muitos benefícios e facilidades para a operação da empresa, permitindo uma gestão mais enxuta, otimizada e eficiente.

1 A primeira grande vantagem trazida pela terceirização de serviços é a possibilidade de manter os recursos humanos e financeiros focados no core business da empresa. Deste modo, preocupações secundárias e a responsabilidade pela execução de determinadas atividades são compartilhadas com os prestadores. Assim, gestores e equipes podem direcionar esforços, atenção e conhecimento aos objetivos a serem atingidos.

2 Outra vantagem da terceirização é poder contar com empresas, capazes de realizar as tarefas contratadas com qualidade, transparência e eficiência. Em várias situações, a terceirização pode ser entendida como a profissionalização das etapas da operação. Com isso, também é possível reduzir as despesas com treinamentos e capacitação de colaboradores, uma vez que esta obrigação passa a ser da empresa prestadora, que deve disponibilizar equipes preparadas e competentes para a realização dos serviços.

3 A terceirização de serviços também colabora para a otimização do tempo de gestores e colaboradores, pois a empresa prestadora assume as atividades previstas, o que permite o fim de alguns núcleos de sobrecarga de trabalho, facilitando uma divisão mais adequada de demandas. Com essa mudança, as equipes podem se dedicar a tarefas realmente importantes e estratégicas, auxiliando na gestão do negócio e na tomada de decisões. Porém, vale lembrar que toda terceirização deve ser supervisionada e monitorada por indicadores, de modo a evitar falhas, desvios e riscos para a empresa.

4 A redução de custos, estes valores referentes aos encargos e direitos trabalhistas previstos na legislação brasileira encarecem muito a folha de pagamento e, por isso, a relação custo-benefício da terceirização é positiva. Isso colabora para a saúde financeira da empresa, já que os custos costumam ser menores, quando comparados às despesas para a formação de uma equipe interna, para execução dessas mesmas atividades. É preciso citar também a maior previsibilidade de custos, uma vez que nos valores pagos mensalmente à terceirizada estão inclusos os gastos com rescisão, férias, faltas e eventuais ações trabalhistas. Portanto, esse modelo de contrato colabora para o equilíbrio financeiro da empresa.

5 As parcerias de trabalho também são vantagens da terceirização. Muitas vezes, o ideal é contratar uma empresa idônea e que demonstra muita transparência e que obtém uma reputação boa com seus colaboradores terceiros, com profundos conhecimentos trabalhistas e empregam colaboradores realmente preparados para desempenhar suas atividades, empresas com vivência no mercado, pois desta forma também será capaz de agregar valor e suportar estrategicamente a gestão do negócio. É preciso ressaltar que a construção de uma relação “ganha-ganha” é sempre importante para a conquista de altos níveis de produtividade.

6 A terceirização de serviços, quando bem estruturada, é capaz de propiciar todas as vantagens já mencionadas e que, por sua vez, definem um cenário positivo para a expansão dos negócios. Uma gestão com foco no core business, processos internos otimizados, redução de custos, parceiras inteligentes de trabalho e aproveitamento correto do capital humano é ideal para um planejamento eficiente, visando o crescimento.

Enfim, a terceirização de serviços pode fazer parte do planejamento estratégico das empresas para possibilitar uma gestão mais inteligente e uma operação mais enxuta. Através do uso adequado da terceirização, é mais fácil conquistar agilidade, flexibilidade, eficiência, qualidade e capacidade de adequação às mudanças do mercado. Mas é preciso reforçar a importância de tomar todos os cuidados no momento de escolher uma empresa prestadora, de forma a construir as verdadeiras parcerias de trabalho e não apenas contratar serviços. Esses cuidados são fundamentais para garantir a idoneidade das terceirizadas e, consequentemente, a tranquilidade e o sucesso da operação.

Com isso não poderia deixar de falar do papel da Fibra RH neste cenário, recrutar, selecionar, orientar, administrar, motivar, supervisionar e gerenciar o trabalho de colaboradores sempre com o objetivo de superar as expectativas dos clientes. Com esses serviços, a sua empresa pode ter uma maior previsibilidade de custos, melhor eficiência operacional e ainda manter foco no core business.